sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Evolução de Joana

O que tem dentro de mim hoje tem preenchido um lugar onde sempre via oco e sem eco, era um silêncio que tampava os ouvidos e fazia grunhidos finos, quase ensurdecedores.
Esse sufoco calava as minhas palavras e me paralisava de um jeito que eu não queria está comigo mesma, era agoniante, o peito apertava, eu não me suportava. Não sabia de onde vinha tanta angústia escondida nos sorrisos de agrado alheios.
Hoje tudo brilha, reluz, expande com muita verdade e sentimento, depois de uma experiência tão excêntrica, hoje tudo é bem mais seguro e forte.
Sei que ainda preciso evoluir muito, demais e sempre, mas o que tenho até agora tem me feito uma mulher muito orgulhosa da vida.
É tão bom olhar a vida de formas diferentes e sorrir diante de todas elas.

Joana Famille

Nenhum comentário:

Postar um comentário