quinta-feira, 22 de agosto de 2013

18 de Agosto

Quando me desliguei do mundo, percebi que o mundo vive em mim. Percebi que o amor existe e que ele se fez em mim.
Amor materno, amor de espirito, de carne, olhares, amor de mulher. Me fez uma mulher a mais. Uma mulher madura, uma mulher que não espera felicidade chegar, vai em busca do sorriso sincero.
O amor amadureceu em mim, não porque estou amando e sim porque era o momento certo de senti-lo.
O medo ainda existe, mas sinto a diferença da pessoa que fui e que hoje sou por causa do amor que esta em mim.

Um comentário:

  1. Amar é bom. Ariscar vive-lo, também.
    Se faça feliz!

    ResponderExcluir