quarta-feira, 3 de julho de 2013

Eu quero tanto..

Eu preciso de poemas e versos livres que me façam voar além do que possa respirar, além do que possa enxergar. Quero ver lírios de manhãs e por dos sois, eu quero sorrir por ver o 
verde água brilhando num imenso mar que me enxágua de paz.
Quero um canto meu, com minha cara, com meu ar, perfumes e lavanderia.
Quero ter minha banqueta de poesia, batons e sonhos, quero meu solo seguro pra sonhar 
feliz e viva.
Não quero felicidade momentânea, quero ser feliz só com todos ao meu redor,quero viver um pouco de mim.
Quero me conhecer, saber quem sou sem opiniões de quando criança, quero ter o que é meu, não é egoísmo é vontade de fugir de todos os sentimentos impostos e vividos e procurar viver o que quero. Quero ser eu no meu altar, quero sentir o que é ser assim, quero minha solidão, quero ter a sensação de um nome que não é liberdade, é muito mais que isso.
Quero ser irracional, quero viver no mundo das maravilhas, quero sorrir pras pessoas, quero passar o tamanho amor que tenho em mim, preciso compartilhar o que o ódio em mim tem descontado, o amor imenso, o amor que tem vontade de mudar o mundo com sorriso, abraço, sem medo de olhar nos olhos e dizer que os lírios existem sim e podem ser da cor que a gente quiser, basta ter um jardim e criar sentimentos bons e livres.
Sentimentos bons nos fazem voar pra um lugar que é verde, rosa, azul, branco, um lugar colorido.
Eu quero gritar, quero sair correndo sem rumo, quero que chova, quero sair molhada da chuva chegar em casa e sorri de tudo, quero viver, quero viver, QUERO VIVEEEER.
Que isso tudo não saia de mim, isso tudo são quereres, sentimentos, isso tudo sou eu, quero expor tamanho amor pro mundo, quero regar o mundo de valores indescritíveis, quero o mundo grande de pessoas enormes, pessoas que saibam o tamanho da sua grandeza no simples ato de amar.

2 comentários: