sábado, 25 de maio de 2013

Plus one

De coração apertado, com uma dor que não explica.. Será cuidado ou paixão? Não sei, confusão de
sentimentos. Querer cuidar, ter que ficar longe, se acostumar com a distância que SEMPRE TEVE.
Mudar o tempo é difícil, mudar sonhos e vontades é difícil. Mesmo querendo mudar!
Não podemos ter egoísmo com a vida dos outros, eles respiram também.
Porque brilham os olhos ao pensar? Pra que brilhar?
Afinal, temos que nos acostumar com isso, se não acostumou, ACOSTUME!
Talvez eu não queira perceber que amores vem e vão e que uns marcam tocando e outros nem tocam pra marcar, a existência basta.
A missão é sentir, é perceber que essas vivências servem de combustível para a taquicardia acontecer e nos mover como seres humanos amantes.
Mais uma página de palavras e dizeres egoistamente IMPORTANTES. Quero viver isso!
 (Diário de Joana Famile)

Nenhum comentário:

Postar um comentário