terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Até que ponto ?

Todo dia me pergunto quem sou, quem estou me tornando, mas só isso não basta!
Sempre ouvi que 18 anos é responsabilidade, ouvi também que seria a mesma coisa de antes.
São muitas questões:
- Até que ponto vale ser atencioso?
- Até que ponto vale ser perfeito?
- Até que ponto vale a cobrança, seja ela pessoal ou  imposta?
- Até que ponto devemos nos questionar?
Um ato de falta de atenção pode mexer com toda uma confiança que estava em construção, depois foi quebrada por motivos óbvios e agora em fase de reconstrução qualquer passo pode se tornar o pior defeito.
Estou vivendo com medo, assustada, com medo sempre de errar, e talvez seja por isso que erro tanto.. Não tô justificando erros, assumo todos, só tento entender.
Reconheço que sou cobrada por causas obviamente claras e que servem  de auxilio e exemplo pra minha vida. Estou errada sim, e diante dos mais sábios estarei sempre.
A única coisa que peço é só um olhar contrário, pois,  essa cobrança pode ser um erro das duas partes.
Eu queria viver sem medo de errar,  E SEI QUE VÃO DIZER  NINGUÉM É PERFEEITO, mas infelizmente é assim que me sinto.Convivo com isso o tempo maior da minha rotina!

Nenhum comentário:

Postar um comentário