domingo, 22 de janeiro de 2012

Tudo acabou da mesma maneira que começou.

Muitas dúvidas, muitas certezas incertas, muitos olhares que nem se quer fizeram um ar de graça.
Possa ter sido que fosse mais uma e unica maneira de aprender com a vida.
"A despedida é a pior parte de um momento em que se o que se vai não é seu"
O fato de deixar rolar dói quando não pisamos em chão firme,e como Maysa: Lágrimas escorrem, o mundo cai, e o que as pessoas acham? Todos acham que eu falo demais.
Possa ser que esteja numa precipitação absurda, ou num envolvimento só, mas enfim, tudo vai passar como todos os outros momentos que se passaram e deixaram marcas em minha vida.
E assim, novamente em lágrimas, me despeço de uma hipótese que poderia ser o marco da minha felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário