sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Sufoco

Uma confusão constrangedora
transparece aos olhos alheios.

Uma dor que dói,
Uma falta de ar que sufoca
Um olhar que não posso ver.
 O coração dispara só com o cheiro
com o sorriso, com o CORPO.
Bati muito, a ponto de sair pela boca
Quando chega perto dizendo um simples OI.
 (para J.N)

Nenhum comentário:

Postar um comentário