quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

É difícil pra mim aceitar, mas eu tenho que acreditar!

Num pensamento, e unificando todos os sentidos, o meu sonho pode ser a resposta pra muita coisa que possa acontecer em minha vida. Estou com muito medo de saber a resposta, mas preciso entendê-la, isso está me consumindo.

O pássaro que cai sou eu!
Um pássaro com desgosto vital em busca de alegria, um pássaro que busca felicidade em constate segundos, com medo de todas as sensações, momentos, medo do mundo exterior.
Um ser que não se valoriza, não consegue se entender, sente insegurança de tantas ocasiões.
Mas se o pássaro cai da ponte, sou eu tentando fugir de uma realidade ou em busca de alguma.
A ponte que pode ser minha família é algo que busco segurança e não encontro.
Ah! A verdade é que eu procuro a minha felicidade, quero mudar minha vida mental e da minha família eu sei que não vou conseguir isso.
Mas até quando esse sonho vai me torturar?
Ate quando eu vou sofrer por não ter uma das estruturas ideais pra vida de uma pessoa? AAAA isso me machuca tanto meu Deus, eu só quero ter uma paz espiritual, só isso!
Mas se esse for o meu destino, que seja, eu só te peço forças pra encarar tudo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário