domingo, 5 de dezembro de 2010

A dita cuja pessoa já leu!

Poxa, eu queria
Te dizer o que sinto
Mas sempre tem alguém
Que me vence.

Cansei de pensar
Que não era pra ser
Eu te quero velho
Me dá uma chance.

Não sou de insistir
O que me leva a isso
É o assédio que até
Então ninguém fazia.

Minha maldita
Boca que me trai pela fala.
Talvez se eu guardasse
O sentimento pra mim
Você poderia ser meu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário